Leonard Cohen: Um Poeta e um Músico.

Leonard Cohen morrem ontem aos 82 anos. Ele nasceu em Montreal (Canadá) em uma família judia de origem polonesa. Ele foi um poeta e um cantor, normalmente ele escrevia canções melancólicas com letras belíssimas. Muitas de suas músicas tem forte influência judaica. Várias pessoas interpretaram suas músicas.
Ele sempre teve uma ideia da audiência que ele gostaria de cultivar. Em uma carta ao seu editor, Leonard escreveu que gostaria de atingir os “aqueles que tem um adolescentes os dirigindo dentro de si, amantes de todos os níveis de angústia, plantonistas despontados, aqueles que gostam de dar uma olhadinha em pornografia, monges de cabelos presos e papistas”.
Você já ouviu “Hallelujah”? Esta música foi escrita por ele nos de 1980. É um poema maravilhoso que foi regravado cerca de 200 vezes.

Aleluia por Leonard Cohen.
Existe uma melodia secreta
que David tocava para D’us
Mas para você nunca poderia ter tal salvação
Você pode cantar assim; um Fa, um Sol,um misheberach numa voz crescente
O Rei confuso tece aleluia
Sua fé cresceu fraca,
Bathsheba se banha no telhado
O charme dele e a lua são o seu remédio
Ela leva o seu corpo, pega a sua cabeça,
Ela corta trança do seu cabelo
E faz você engolir uma aleluia
Oh minha querida, eu sei o seu estilo,
Eu já dormir no seu chão,
Eu nunca antes vivi com uma mulher que é um tesouro.
Eu vi o seu castelo, sua bandeira,
Um coração que não é um trono de um rei.
É frio e arruinado aleluia…
Oh me diga, como antes,
O que esta acontecendo aqui no seu colo.
Por que você deve ficar com vergonha, como uma virgem?
Apenas se lembre como eu morei em você,
Como o sagrado espírito feminino brilha no nosso sangue,
E cada fôlego profere aleluia…
Poderia o meu D’us não estar de nenhuma forma lá,
E o amor ser uma monstruosidade moral,
Um sonho vazio, quebrado e falido
Não é um choro no meio da noite,
Não é um renascido zelota acordado,
Mas sim uma triste, solitária voz alelulia…
Você me chama de apóstata,
Eu faço blasfêmia com HaShem.
Não importa, eu não estou esperando a era messiânica.
Mas queima ardentemente em cada letra,
Do Alef-Beys até o fim,
O sagrado e arruinado alelulia…
Aleluia…
Aleluia…
E isso é tudo, não é muito.
Enquanto isso, eu vou fazer o que eu faço.
Eu venho aqui como um mensch, não um scoundrel.
Apesar de tudo estar perdido de qualquer forma,
Eu vou louvar Adonai,
E vou gritar como “L’chaim”: Aleluia…
Aleluia…

Seu mais recente trabalho foi o álbum “You Want it Darker“. Clique aqui para ouvir a música que deu nome ao mais novo álbum de Leonard Cohen.

Baruch Dayan Emet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s