Sobre do blog

Não, eu não escrevo roteiros.

Eu gosto muito de viajar, ler e escrever. Eu já conheci 11 países, dentre eles Estados Unidos e Israel. O nome “Roteirista na Yeshiva” surgiu quando eu estava no Beit Midrash, no Upper West Side (Manhattan, NY). Este é um nome que sugere o encontro entre o cultural Judaism, o Judaísmo secular, que marca o mundo de escritores Judeus como Philip Roth, Chaim Grande, e comediantes como Jerry Seinfeld, com as grandes mentes da comunidade Ortodoxa, em especial, com os Judeus sefarditas e a comunidade modern orthodoxy ashkenazi.

O Roteirista na Yeshiva é um blog – com um nome irreverente – que busca trazer, aos seus leitores, conteúdo de qualidade sobre política internacional (Segurança Internacional / Realpolitik) e cultura Judaica. Aqui é a esquina onde a literatura Ocidental se encontra com a literatura Judaica, onde o Bin Gorion se encontra com o Rabino Samson Hirsch, e onde um escritor Judeu secular – que mora no Upper West Side – se encontra com um Rabino Ortodoxo para discutir como um astronauta Judeu poderia cumprir Shabbat durante a viagem à Marte.

O que você vai encontrar aqui?

Conteúdo nas áreas de estudos estratégicos, em especial, segurança nacional, geoestratégia das superpotências, OSINT, Applied History, logística de defesa, dissuasão nuclear e projeção de cenários, na forma de relatórios ou resumos.

Além desses temas dentro do campo do estudo de relações internacionais, você poderá encontrar resumos, dicas de palestras, livros, filmes e artigos sobre os debates mais interessantes do Judaísmo contemporâneo, bem como informações sobre as personalidades que participam desses debates.

O que você não vai encontrar aqui?

Informações sobre o processo de conversão ao Judaísmo, informações sobre Bnei Anussim ou Bnei Noach, vídeo-aulas, textos sobre a parashat hashavua, conteúdo inteiramente em português, ultra-orthodox stuff e conteúdo na forma de vlog.

Muita gente tem um enorme interesse sobre o tema conversão ao Judaísmo. Esse é um processo extremamente difícil e demorado. Eu não encorajo ninguém a escolher esse caminho. Se você quiser saber mais sobre o tema, aconselho você a procurar um rabino da comunidade Judaica oficial da sua cidade e fazer as suas perguntas para ele. Informações sobre conversão ao Judaísmo podem aparecer aqui quando este tema estiver relacionado à Relações Internacionais.

É provável que o Roteirista na Yeshiva não represente toda a diversidade que existe dentro da comunidade Judaica mundial. Esse é um blog cujo conteúdo tem a sua raiz no movimento Ortodoxo (aqui no Brasil, normalmente, se referem como “linha Ortodoxa”, mas, no inglês, se referem como “Movimento Ortodoxo” e eu utilizo o termo em tradução direta do inglês). Logo, provavelmente você vai encontrar pouco conteúdo vinculado aos Movimentos Reformistas e Conservador. Ressalto que eu não gosto de me prender à termos que surgiram na comunidade nos últimos 300 anos, bem como me esforço para apreciar o pluralismo intelectual e de modos de vida que existem na comunidade Judaica mundial, mesmo que, em alguns momentos, dentro desse pluralismo existam elementos com quais eu não concorde.
Para mais informações, por favor, envie um e-mail.