Comparação entre Superpotências: EUA, Rússia, e China.

A presente comparação entre superpotências foi extraída da pesquisa "RIVALIDADE ENTRE SUPERPOTÊNCIAS: OS CENÁRIOS DE GUERRA ENTRE RÚSSIA, ESTADOS UNIDOS E CHINA, NA REGIÃO ÁSIA-PACÍFICO, NO SÉCULO XXI", realizada por Nina Lobato, como Projeto de Conclusão de Curso para o Bacharelado de Relações Internacionais, na Universidade da Amazônia (UNAMA), em 2018. Nesta pesquisa, os Estados… Continue lendo Comparação entre Superpotências: EUA, Rússia, e China.

Velhos Dilemas de Segurança Internacional: a Natureza Humana, o Direito Internacional, e Interdependência.

Durante a minha graduação (BA) em Relações Internacionais, eu realizei uma pesquisa de conclusão de curso sobre cenários de guerra entre superpotências, cujo título era "Rivalidade entre superpotências: cenários de guerra entre Estados Unidos, Rússia, e China, na região Ásia-pacífico, no século XXI". Segue, abaixo, o Estado da Arte que eu escrevi para a minha… Continue lendo Velhos Dilemas de Segurança Internacional: a Natureza Humana, o Direito Internacional, e Interdependência.

Introdução ao Haskalah

Segue, abaixo, os relatos que eu fiz durante a minha viagem pela Europa Central. Eu sempre tive interesse em conhecer esta região tanto porque pela sua relevância para o Haskalah (iluminismo Judaico) quanto pela sua relevância para a história do pensamento Realista das Relações Internacionais. Após os relatos, eu indico três livros para você compreender… Continue lendo Introdução ao Haskalah

Os Acordos de Munster e Osnabruck para o Direito Internacional Público.

1. INTRODUÇÃO   Os acordos de Westfalia marcam o nascimento do sistema de Estados moderno que conhecemos hoje. É sobre este sistema internacional (ambiente no qual atores estatais e não-estatais interagem) que os dois principais campos teóricos, realistas e idealistas, do estudo de Relações Internacionais foi edificado, portanto é essencial entender o contexto histórico que… Continue lendo Os Acordos de Munster e Osnabruck para o Direito Internacional Público.

Rússia, Putin, Eleições de 2018 e o Ciclo Desvirtuoso de Influência.

A geografia da Rússia   A Rússia é uma potência terrestre e as potências terrestres sempre estão inseguras. Sem mares que as protejam, tais potências estão conscientes da fragilidade de suas fronteiras. Por isso, buscam se expandir de maneira contínua para evitar que sejam conquistadas por invasores. “É o caso especialmente dos russos, cujo território… Continue lendo Rússia, Putin, Eleições de 2018 e o Ciclo Desvirtuoso de Influência.

[LIVRO] “Irregular War: ISIS And The New Threat From The Margins”, escrito por Paul Rogers.

Quem é Paul Rogers?     Paul Rogers é Professor de Peace Studies pela Universidade de Bradford, trabalha na área de segurança internacional, controle de armas e violência política há mais de trinta anos, e é um editor de Segurança Internacional para o openDemocracy. Ele também escreve um briefing mensal para o Oxford Research Group.… Continue lendo [LIVRO] “Irregular War: ISIS And The New Threat From The Margins”, escrito por Paul Rogers.

A arte da dissuasão nuclear

A ARTE DA DISSUASÃO NUCLEAR COM DESTAQUE ÀS PEQUENAS POTÊNCIAS NUCLEARES. Alguns avisos: o texto abaixo é um resumo sobre os principais aspectos que envolvem o tema estratégias de dissuasão nuclear e exemplos práticos de doutrinas de dissuasão nucleares de potências regionais. O texto contém fontes que podem ajudar o leitor a se aprofundar em… Continue lendo A arte da dissuasão nuclear

[CITAÇÃO] Churchill sobre o significado de “Civilização”.

O que significa "Civilização"? “Significa uma sociedade baseada na opinião dos civis. Significa que a violência, o governo de guerreiros e líderes despóticos, as situações de campos de concentração e guerra, de baderna e tirania, dão lugar a parlamentos, onde são criadas as leis, e as cortes de justiça independentes, onde essas leis são mantidas… Continue lendo [CITAÇÃO] Churchill sobre o significado de “Civilização”.

Segurança Internacional: Realistas x Idealistas.

A definição tradicional ou realista de Segurança Internacional, centrada no Estado, é: a parte do estudo das Relações Internacionais que trata, essencialmente, sobre ameaça, uso e controle da força militar. “Este conceito explora as condições que possibilitam o uso da força, os efeitos que ele tem sobre os indivíduos, a sociedade e o Estado, bem… Continue lendo Segurança Internacional: Realistas x Idealistas.